terça-feira, 11 de setembro de 2007

Uma carta para mim :-)

' Por muito duro que seja o caminho, por muito difícil que seja a caminhada, por muito que sintamos que estamos perdidos, há sempre uma porta que nos leva ao lugar certo!
Às vezes esse lugar parece-nos escuro e sombrio. Lá sentimo-nos sós, com frio, desesperados e com medo...
Mas é esse medo, esse frio, esse desespero que nos eleva e nos faz ver que somos o resultado daquilo que criamos. E é desse medo, desse frio, desse desespero, que nasce uma luz que nos faz acordar e que nos guiará no nosso caminho.

As tristezas e o sofrimento de hoje são as alegrias e as felicidades de amanhã. São elas que nos tornam aquilo que somos... Por isso nunca te arrependas dos erros que cometeste, sofre o que tens que sofrer para apagar o mal que fizeste e seguires em frente. Porque tu és aquilo que criaste e o que fizeste não podes mais alterar, mas o hoje e o amanhã são teus e há tempo para mudar.

Não fiques parado no tempo, vive daqui para a frente uma vida bonita, ama tudo aquilo que te rodeia, ajuda os outros sem esperar nada em troca e perceberás que vale a pena sonhar e viver.
Vais aprender que a ajudar os outros é que vais encontrar a felicidade e te sentir completo e preenchido!

Neste momento difícil não estás só! Há tanta gente à tua volta ( que nem consegues ver) que está lá à espera que te tornes naquilo que te estás a tornar e que sempre deverias ter sido.

Tem fé em ti! Eu tenho fé em ti! Eu sei que Deus nunca nos dá uma cruz mais forte daquilo que conseguimos aguentar.

Chegou a hora! Aproveita este momento de dor e de sofrimento para dar o salto para uma nova vida cheia de sentido e de alegria...

Sê feliz!

Abre os olhos e nasce para a vida!
Encontra a paz, vive a paz e fica em paz.

Com carinho'
*****

2 comentários:

borrowing me disse...

podia jurar que acabaste de escrever este texto para mim

assim que acabar o meu luto, prometo assim o fazer

Lídia disse...

... direccionado ao meu coração. Bj